Missão: Duromihr, a Vida luta contra a Morte.

Por matheus - julho 13, 2018


 

Fala mestre! Hoje continuamos com nossa campanha, trazendo agora o desfecho e o destino de Duromihr e seus habitantes, o que os jogadores fizeram até aqui? Compadeceram com as meninas e o pedido do clérigo? Ou estão apenas atrás da recompensa que salvar uma cidade trará? De qualquer forma eles chegaram até aqui e estão a um pequeno passo de resolver tudo, ou mergulhar a cidade de vez no caos...


Continuação: Após a visão do jogador que a tocou,  Merina acorda sem sinal dos olhos por seu corpo ou qualquer sequela, apenas exausta e confusa, ela se assusta com os jogadores, mas logo se tranquiliza ao ver as criaturas mortas no chão.

Ela olhou diretamente nos olhos da criatura que estava se apossando de sua mente, porém foi salva pela interferência do jogador, neste momento ela pode:

   - Explicar sobre a importância da Igreja para a cidade, já que por um momento a criatura dividiu a consciência com ela, ela sabe que o devorador vai marchar rumo a Igreja com a horda.

   - Ela tentará convencer os jogadores a partir com ela para avisar os clérigos e principalmente seu pai sobre os planos da criatura. (Se eles contarem para ela sobre a morte dele, ela ficará arrasada com a notícia e culpará os jogadores  alegando que ele morreu por culpa deles.)


Caminho para a igreja: Não tem muito segredo para chegar até lá, os jogadores podem tentar ir pelos telhados, ou fazer 3 testes de Furtividade para ir se escondendo pelas ruas, se falharem em 2 desses testes, serão atacados pelo caminho.

Igreja de Thoradin: Eles fizeram seu caminho até aqui.

" A Igreja é sem dúvida a maior construção da cidade, ela possui imponentes portas de madeira maciça, por dentro é decorada com belíssimos vitrais mostrando Thoradin ensinando os segredos da forja para os mortais." 

Dentro da igreja eles vêem duas centenas de pessoas, homens, mulheres e crianças, humanas e anãs, em meio a eles dezenas de clérigos que alimentam e curam os feridos. 

Em meio a eles tem um clérigo sentado e pensativo, a sua frente está um cristal azul, envolto em um pano branco sendo colocado em um cofre por dois outros clérigos, este é Simon, um dos líderes da ordem de Thoradin e o clérigo encarregado de todos os presentes ali.

Simon é um clérigo jovem, porém com muita experiência tanto em cura quanto em batalha, sendo respeitado por todos na cidade.  Merina apresentará o clérigo aos jogadores. 

Simon pode contar:
   - A história da Igreja: sendo um santuário criado pelos servos de Thoradin, a Igreja é basicamente uma pequena Fortaleza, feita para aguentar ataques diretos e com pilares em sua porta onde os clérigos canalizam suas orações para criar uma barreira protetora ao redor da Igreja. 
   - A joia azul é conhecida como o coração de Thoradin, criada pelo próprio Deus anão após as guerras com os antigos.
   - A joia impede que portais sejam forçados dentro do reino, dessa forma criaturas de outras dimensões não conseguem vir para o plano material.

Após alguma conversa e cuidado dentro da igreja, os clérigos percebem algo de errado, tudo está silencioso demais.
Se um dos jogadores tentar ver pela janela ou abrir a porta do templo, ele terá a seguinte descrição:
" A densa névoa vai se dissipando, aos poucos vocês conseguem ver a cidade tomar forma em meio ao mar cinza, porém a visão faz com que seu coração gele... centenas das criaturas tomam posição ao redor da Igreja, elas estão bem organizadas e imóveis olhando fixamente para vocês, e no fundo vocês o veem, com a pele pálida como uma manhã nublada, e vestida de um manto negro, vocês estão cara a cara com a imponente criatura humanoide com uma face coberta por tentáculos, que subitamente começa a marchar em direção a Igreja."

Os clérigos vão entrando em posição e ativam uma barreira em volta da Igreja para manter as criaturas afastadas, rapidamente elas vão se aglomerar tentando forçar sua entrada, e vão conseguindo. Algumas entram e lutam contra os jogadores, cabe a você mestre, ir aumentando o número de criaturas para fazer os jogadores pensar em uma estratégia de ataque, eles vão convencer os clérigos a lutar? Vão partir com tudo para cima do devorador de mentes? Ou vão fugir com a jóia e garantir a segurança do reino porém sacrificando a vida de todos na Igreja?

As opções estão abertas, aqui temos algumas coisas que podem ocorrer:

   - Se os jogadores não levaram as irmãs com eles para a igreja, eles as verão fazendo parte do exército de criaturas.
   - Simon e os outros clérigos lutarão até a morte caso o devorador chegue até a Igreja. 
   - Se os jogadores matarem o devorador, todas as criaturas cairão mortas.
   - Os jogadores podem fazer uma armadilha para o devorador usando a jóia, fazendo com que ele vá até ela sem as criaturas.
   - Se os jogadores forem atacar o devorador, Simon se oferecerá para segurar as criaturas juntos com os clérigos, deixando assim o caminho livre para os jogadores.

Finais:

BOM - Os jogadores derrotaram o devorador, os sobreviventes na Igreja irão reconstruir a cidade aos poucos, e tratarão os jogadores como heróis, lhes dando recompensas em ouro e serviço. (Os jogadores sempre terão estadia, alimento e ajuda de qualquer um na cidade). Ganharão um monumento na praça da cidade.

RUIM- Algo deu muito errado? Os jogadores morreram? Não conseguiram derrotar o devorador de mentes ou simplesmente viram o circo pegar fogo? 

O devorador invade a Igreja e mata a todos lá dentro acompanhado pela horda, ele pega o cristal que se corrompe ao seu toque, e imediatamente cria um portal, outros 5 devoradores saem dele e o parabenizam, eles saem e  vão conquistando as cidades vizinhas, aumentando cada vez mais a horda.

E o que achou da campanha? Como seus jogadores resolveram a situação? Deixe aqui nos comentários como foi sua experiência!

  • Compartilhar:

POSTAGENS RELACIONADAS

0 comentários